Noite de encontro com um cara muito mais velho

0
(0)

Meu nome é Kirsty, tenho 18 anos, virgem, 5,4" 34DD 32 36, tenho algumas curvas adoráveis que gosto de me exibir e não estou faltando a atenção de ambos os sexos. Sou muito ativo comigo mesmo e com meus brinquedos, adoro brincar no chuveiro, na cama, no sofá e gosto de brincar no campo e na floresta e sei que já fui observado antes.

Moro em casa com minha mãe, meu pai e meu irmão, minha mãe e meu pai têm 47 anos, ambos cuidam deles mesmos, meu pai tem um corpo grande e um belo pau pendurado (eu o vi no chuveiro muitas vezes, além de fazer sexo com a mãe, não eles não sabem) minha mãe é muito parecida comigo, todos nós temos cabelos loiros olhos azuis brilhantes, sim eles sempre me conseguem o que eu quero, bem na maioria das vezes de qualquer maneira, irmão tem 25 anos, muito bem construído, sempre na academia assim tem um corpo lindo rasgado e como o pai é pendurado e grosso.

Eu vi meu irmão jogando muitas vezes no chuveiro e seu quarto enquanto assisto pornô com seus fones de ouvido, eu assisto através da rachadura em sua porta desde o pouso, eu levanto minhas noites curtas e sempre brinco, às vezes quando estou com tesão eu tiro e fico lá nua esfregando meu clit duro e dedilhando minha buceta muito apertada, Gosto de ver meu irmão jogar e adoro ver meu pai transando com minha mãe, já os vi por toda a casa e mamãe é barulhento para que eu possa facilmente andar por aí sem eles saberem que estou lá.

Todos os meninos da minha idade são tão imaturos então eu sempre vou para caras mais velhos, então eu entrei no Tinder mas coloquei que eu tinha 18 anos e procurando diversão e amizade, colocar algumas fotos atrevidas e em 2 minutos eu tinha todos os tipos me trocando mensagens, então eu pensei que eu precisava atualizar meu perfil sobre o que eu estou realmente procurando por 'um cara mais velho, aos 30 anos, alguém que está em forma, pendurado, ama as moças, alguém que pode tratá-los bem e jogar bem, tem que ser dominante como eu sou um pouco submisso em meus caminhos'

Eu também coloquei que eu sou virgem, eu sou muito apertado e você vai precisar me tratar muito bem para obter o que você está realmente atrás.

Bam, os pedidos mudaram, alguns caras na casa dos 30 anos alguns deles não tão legais, alguns deles do meu tipo, alto, cabelo escuro, ajuste, grande sorriso então eu comecei a falar com eles.

Ambos perguntaram o que eu estava procurando e pediram mais fotos minhas, então eu pedi mais deles primeiro, eles tiveram que provar que estavam pendurados e eu queria saber se eles estavam onde cummers pesados porque eu amei a ideia de tentar engolir tudo, mas não há muito e flui para fora da minha boca e sobre meus seios e como eu puxar para fora eles continuam para atirar em cima de mim, são minhas fantasias e é isso que eu quero.

Então ambos fazem alguns vídeos para mim, um dos caras é enorme, suas bolas parecem pesadas como eles balançam com seus golpes, ele é totalmente suave todo e goza como uma torneira, cargas dele, deve ser cerca de 10 espessos esguichos brancos de cum tiro de seu pau longo e grosso, depois que o vid termina minha mão vaga em minhas calcinhas finas e eu acho que estou encharcado então eu decido gravar o lote para um retorno para ele, eu não duro muito e minha buceta entra em um orgasmo explosivo, eu envio o vid, ele está um pouco desapontado como eu estava completamente vestido e ele não podia ver muito, eu disse-lhe que iria guardá-lo para ele para quando nos encontrarmos.

Trocamos mais algumas mensagens todas as noites até o fim de semana e ele arranjou para me pegar e pegou uma bebida no sábado à noite. Sábado eu fui à cidade, em Ann Summers e trouxe uma meia corporal, ver totalmente e ver através de fio dental para combinar, naquela noite eu tomei banho, depilei minha buceta, coloquei minha meia corporal, fio dental, sem sutiã, vestidozinho e salto alto, achei que estava incrível, enquanto descia as escadas meu irmão dizia que eu estava muito quente, Fodido e como uma vadia, eu disse a ele que era o olhar que eu estava indo para, nós colocamos o rastreador no meu telefone para que ele soubesse onde eu estava e então eu ouvi seu carro parar, ele tinha um range rover grande agradável, todo preto, apagou janelas atrás, minha mente já estava correndo pensando o que poderíamos fazer na parte de trás.

Eu entrei, ele me beijou na boca e me disse como eu estava linda e ele começou a dirigir, a noite era jovem e ainda era leve como estávamos no meio de junho, era uma noite quente adorável, ele estava de shorts cáqui, camisa de manga curta e alguns sapatos, ele parecia incrível, nós dirigimos para um pub tranquilo, me disse para sentar em um banco no jardim e ele iria buscar algumas bebidas, ele me deu um par de coquetéis e ele tomou coca, depois de mais alguns drinks e conversar muito sobre o que ele realmente queria e o que eu queria, eu estava agora bastante tonto então decidimos ir dar uma volta, ele dirigiu até esta pista que era um beco sem saída e não havia nada além de campos no final dele, um pequeno estacionamento, era muito agradável e muito tranquilo.

Ele veio e abriu a porta para mim, quando eu balancei minhas pernas para descer ele me parou e empurrou meus joelhos para fora, por alguma razão eu só deixá-lo, minhas pernas se abriram, meu vestido subiu até meus quadris e ele tinha uma boa aparência para o que eu estava vestindo, seus dedos foram para as minhas calcinhas e ele lentamente puxou-os para os meus joelhos, Levantei meus calcanhares e ele os tirou, ele segurou meus tornozelos no ar e me disse que eu não precisava deles e a vista estava muito melhor agora, exatamente o que ele estava procurando, ele enterrou a cabeça entre as minhas pernas e começou a comer minha buceta, eu já estava excitado de excitação então ele foi capaz de provar minha boceta suculenta molhada.

Depois de alguns minutos eu empurrei a cabeça dele e disse-lhe para esperar e diminuir a velocidade, eu saí do carro e meu vestido caiu de volta para o meio das minhas coxas, eu disse a ele que era a sua vez e para remover sua bermuda que ele fez, seu pau surgiu e deve ter sido tão longo quanto o meu antebraço, Uma vez que sua camisa estava fora eu tinha seu pau na minha mão, eu disse a ele antes de continuarmos eu precisava dizer-lhe algo mas eu não queria que ele surtasse, então eu comecei dizendo g ele eu realmente queria senti-lo dentro de mim, eu queria prová-lo e ficar coberto em seu esperma e que ele poderia fazer o que ele sempre quis para mim, mas eu tinha apenas 15 anos.

Ele congelou e cobriu o pau, ele me disse que não podia fazer isso e que eu estava fora de ordem por dizer que eu tinha 18 anos, eu novamente disse a ele que estava bem e queria ele, eu desabotoei meu vestido e deixei cair no chão, eu estava agora em meu corpo meia e saltos altos, meus peitos e bucetas totalmente expostos através dos recortes nos lugares certos, ele tirou as mãos e me disse que isso estava muito errado, eu afundei de joelhos, olhei para ele, pude ver que ele estava fraco, ele não podia resistir, ele não podia me parar, seu pau balançando duro balançando na frente da minha boca, Olhei para ele enquanto olhava para mim, sua mão se aproximava da parte de trás da minha cabeça enquanto guiava seu pau em direção à minha boca, tocava meus lábios, eu podia provar o goco salgado em seu prepúcio, ele se abaixou com sua outra mão e puxou a pele para trás, sua grande e gorda cabeça roxa estava brilhando com esperma, Eu podia dizer que ele estava excitado e não tinha resistência a mim, eu abri minha boca e chupei o máximo que pude, eu o ouvi gemer alto como a cabeça bateu na minha garganta, eu amordaçado, eu puxei para trás um pouco e ele empurrou para a frente novamente batendo na minha garganta com mais força, ele me disse para relaxar minha boca e garganta, ele recuou e desta vez com muita força e determinação ele lentamente empurrou seu pau para baixo na minha passagem, eu estava engasgando e empurrado para trás, ele me disse para ficar onde eu estava e foi para o carro dele, ele voltou atrás de mim e me disse para colocar minhas mãos atrás das minhas costas, Então senti ele me algemar e percebi o que estava prestes a acontecer.

Ele ficou na minha frente, tirou a camisa, seu corpo ligeiramente brilhando de suor, ele pecs se destacando, como músculos de peito maciço, eu então vagava pelo estômago, os músculos eram como uma tábua de lavar, então eu estava no nível dos olhos com seu pau novamente, pingando com seu esperma e minha saliva, ele me disse para abrir e relaxar novamente, desta vez ele deslizou, lentamente goela abaixo, eu estava engasgando novamente e tentando se afastar, foi inútil desta vez, ele tinha meu cabelo em seu punho e sua outra mão puxando a parte de trás da minha cabeça guiando seu pau goela abaixo, se finalmente estava totalmente dentro e suas bolas no meu queixo, ele começou a lentamente foder minha garganta e me disse para contrair meus músculos da garganta em seu eixo, novamente estava me fazendo mordaça, eu não conseguia respirar, eu estava desesperadamente tentando me afastar para respirar, mas ele não quis soltar, depois de mais alguns segundos de ser usado ele se afastou e eu estava ofegante como feito, ele me disse que eu era uma boa menina e precisava aprender a chupar e garganta profunda pau corretamente.

Ele abriu a bota, levantou-me, puxou-me para o carro e inclinou-me, eu estava agora metade no porta-malas e minhas pernas largas no chão, ele então tem um bastão de metal para fora com alças sobre ele, ele algemou meus tornozelos e esticou a barra para fora fazendo minhas pernas se espalharem mais. Ele ajoelhou-se e passou um dedo nos meus lábios e sobre minhas anas, era um broto de rosa apertado e ele parecia maravilhado com o quão rosa e apertado era, seu dedo vagar de volta para a minha buceta, ele espalhou meus lábios e podia ver minhas entranhas brilhando com sucos de buceta quente, Senti sua língua quente entrar em mim, ouvi-o gemer enquanto ele enrolava meus sucos, empurrando sua língua para dentro tão fundo quanto iria, então eu senti ele puxar para fora e um dedo inserido em mim, ele riu e disse que vamos precisar disso esticado antes que meu pau possa entrar, então eu senti seu dedo dobrar e ele encontrou aquele ponto mágico, ele trocou o dedo pelo polegar e começou a trabalhar de novo, bem como meu clitóris ao mesmo tempo, então eu senti sua língua quente na minha bunda rosa apertada, me senti incrível, eu estava em êxtase, eu nunca tinha sido usado assim antes, ele estava totalmente no momento, não incomodado mais com a minha idade, só queria agradar a jovem, algemado e exposto na frente dele querendo que ele usasse essa putinha, então eu senti sua língua entrar na minha bunda, ele estava batendo nele como se fosse um pirulito, realmente me senti bem, isso continuou por algum tempo, então minhas pernas se dobraram, ele empurrou para baixo nas minhas costas para me segurar no lugar enquanto ele estava sobre mim, seu polegar e mão enlouquecendo na minha buceta então eu explodi, eu tive orgasmo como nunca antes, eu estava chorando alto de prazer e então isso aconteceu, meu Pusey esguichou pela primeira vez, Eu gritei e disse para ele parar, que ele estava me fazendo me irritar, ele riu e me disse para gostar, ele estava me fazendo esguichar o que muitas mulheres fazem e não é mijo, ele continuou por cerca de 10 minutos, dentro e fora, me fazendo esguichar, então parar esguichar novamente, ele me soltou e eu caí na grama, ele ficou em cima de mim e começou a acariciar seu pau, dentro de alguns golpes ele se abaixou e vapor após vapor de quente grosso gozar branco tiro fora de seu pau, por esta altura o seu estava sentado na minha barriga, seu esperma estava atirando sobre meus peitos, rosto, cabelo, ele se ajoelhou e agarrou a parte de trás da minha cabeça e empurrou-o para a minha boca, Eu senti ele continuar a atirar e como ele estava fazendo isso ele estava me dizendo que eu era uma boa vadia e para inchado tudo.

Ele saiu e me disse para limpar o pau dele, que eu não tinha muita escolha, ele então se levantou e se vestiu, eu ainda estava algemado nos meus pulsos e tornozelos. Ele foi para o carro e voltou com a câmera e começou a tirar algumas fotos, ele disse que eu estava incrível coberto de esperma e que ele queria um bom lembrete.

Ele então me ajudou a levantar e soltou meus tornozelos e pulsos, olhei para baixo e estava coberto, não tive escolha a não ser remover meu corpo furado, agora eu estava completamente nu, exposto, gozar sobre meu rosto de brinquedos e no meu cabelo, ele estava sorrindo, eu disse a ele que não poderia ir para casa assim como meu irmão me veria coberto e sem dúvida isso iria ligá-lo.

Ele então começou a me fazer perguntas sobre se eu tinha visto meu irmão e meu pai fazendo coisas então eu disse a ele, ele foi logo duro novamente, ele tirou o short e me disse que ele realmente precisava estourar minha Cherry, eu não disse a ele nenhuma maneira que ele era grande, ele me disse que seria gentil e se realmente doísse ele iria tirá-lo, mas ele realmente gostava que sua mulher fosse amarrada quando ele fodia-os, ele gostava da ideia de eles serem indefesos, então eu relutantemente concordei, ele amarrou meus pulsos para rebocar bar e então meus tornozelos, ele me espalhou largo e alto e armou-os para a porta da bota em algum lugar, eu realmente poderia me mover agora, ele pegou um travesseiro em forma de cunha de seu carro e empurrou-o sob a minha bunda, ele tirou mais algumas fotos, em seguida, colocou em gravador e me disse que queria vídeo esquivando-se de uma virgem, então eu concordei, ele colocou a câmera para que ele pegou tudo de mim em vista e mostrou a minha buceta, eu senti a ponta do pau dele na minha entrada, Perguntei se ele estava usando proteção, ele me disse que não, pois não gostava e que eu ia gostar mais sem, senti a ponta empurrando forte na minha entrada, eu estava tão apertado que ele estava lutando, então ele escorregou e eu me senti rasgar, eu gritei, ele colocou a mão sobre minha boca e me disse para ficar quieto, Eu disse a ele que dói e eu estava chorando, ele me disse que ia, mas eu me acostumaria e como eu estava agora doeria mais para sair, ele segurou lá por alguns minutos, eu podia sentir seu esperma pingando dentro de mim, ele estava excitado, ele estava olhando para mim como se estivesse possuído e não tinha como eu ser capaz de parar ele agora, ele segurou meus tornozelos apertados, eu podia sentir toda a sua força e peso transferido para seus quadris, então com um empurrão todo-poderoso ele impalled minha apertada minha buceta virgem apertada, eu gritei novamente como seu pau esmagado contra minhas paredes virgens e esticou meus lábios, rasgando-os ainda mais, novamente ele colocou a mão sobre minha boca para abafar meus gritos, ele olhou para mim e me disse que me daria algo para gritar, então ele estava batendo na minha bunda então ao mesmo tempo puxou para fora e empurrou de volta, estava realmente doendo, eu estava implorando-lhe para parar como ele era grande, ele apenas riu e me disse para ficar quieto ou eu teria mais punição, ele puxou para fora e empurrou de volta em muito profundo e duro algumas vezes, isso me fez gritar novamente, eu o vejo alcançar seu short e ele tirou seu cinto de couro grosso, ele puxou seu pau para fora de mim, ele estava coberto de sangue, ele olhou para mim, ele olhou para mim e disse perfeito você é agora um quebrado em prostituta, então ele puxou para trás e com um balanço duro bateu na minha bunda com seu cinto o mais forte que pôde, ele então pegou minhas calcinhas e enfiou-as na minha boca e colocou uma fita para mantê-las dentro, então ele bateu na minha bunda novamente na outra bochecha, então ele bateu-a sobre a minha buceta, Eu estava com tanta dor agora, eu não sabia que os caras poderiam ser tão dominantes e ásperos e especialmente com uma jovem, eu percebi que tinha cometido um grande erro, mas não podia fazer nada sobre isso.

Ele continuou a chicotear minha buceta, bunda e tetas o tempo todo acariciando seu pau, seu esperma estava vazando como ele estava tão excitado, eu sabia que ele não era goi g para parar até que ele tinha completamente terminado e satisfeito a si mesmo, depois de cerca de 10 minutos de espancamento me, eu estava vermelho, meus peitos e buceta tinha sido rasgado e eu tinha sangrento saindo da minha pele das feridas, ele ajoelhou-se na frente da minha buceta de novo, eu estava totalmente exposto, amarrado e foi incapaz de pará-lo, eu senti a cabeça de seu pau na minha entrada novamente, ele me disse para relaxar era que doeria mais se eu tenso e então com um forte impulso ele estava de volta dentro de mim, enchendo minha buceta com seu pau grosso grande batendo nas paredes da minha virgem novamente, eu pensei que se ele continuar ele vai estar dentro do meu ventre, ele me fodeu muito duro profundo e rápido, ele não durou muito tempo, ele empurrou e segurou-o profundamente como eu senti o seu vir bater nas minhas paredes e contra o meu tubo, Eu podia sentir a cabeça e a entrada quando ele atirou seu esperma diretamente no meu ventre, então eu senti que estava correndo para fora de mim como eu estava agora cheio, escoando para fora sobre mim bunda e para baixo meu rabo.

Ele puxou para fora e acariciou seu pau algumas vezes como ele jorrando um pouco mais vir sobre mim. Ele me disse que eu era uma boa garota por levar uma surra e ser estuprada assim, eu disse a ele que não era estupro como eu estava lá por escolha, eu limpei como ele tem alguns lenços umedecidos, coloquei meu vestido, joguei minha tanga e meia de corpo em sua bota, ele me disse que queria mantê-los então ele me levou para casa.

Ele perguntou se poderíamos nos encontrar de novo, mas eu disse que só se ele não fosse tão duro como ele realmente me machucou, ele riu e disse que tentaria, mas não podia prometer como eu era uma putinha disposta que precisava ser usado
.
Quando eu fui até a casa eu podia ver pela janela, meu irmão estava assistindo pornô na TV, quando me aproximei percebi que era eu e esse cara, esse cara deve ter enviado um link ao vivo para o meu irmão e ele gravou, ele estava realmente me vendo se acostumando e ele estava lentamente se masturbando seu pau, Agora eu estava pensando quem esse cara realmente era e o que meu irmão tinha planejado para mim no meu retorno, ver que mamãe e papai estavam de férias então estávamos sozinhos, eu entrei na casa, ele se levantou e me disse para tirar meu vestido.

Did you like it?

Click on a heart to rate it!

Average rating 0 / 5. Vote count: 0

No votes so far! Be the first to rate this post.

We're sorry you didn't like it!

Let us improve it!

Tell us how we can improve it?

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.